Nem tudo passou...


Passa o tempo veloz, e, em minha lida,
tentando vorazmente te esquecer,
vejo passando tudo da medida,
só não passa a vontade de te ver...

Sinto que, numa escassa despedida,
passa até a inspiração para escrever ;
só não posso deixar passar a vida
pelo medo cruel de te perder.

E quando vem a noite passa o sono...
Passam lentas as horas de abandono,
e ao ver tudo passar minha alma chora...

Mas não passou nossa amizade antiga,
nem a saudade, minha velha amiga,
que sempre chega quando vais embora...

 

BIBLIOTECAS DO MUNDO TODO Índice Próxima