Promessa Inútil


Eu quero te arrancar do meu passado,
fazer de conta que nem te conheço,
mas vejo o meu desejo malogrado,
porque tento esquecer-te, e não te esqueço.

Mas, se na vida tudo tem seu preço,
eu já paguei bem caro o meu pecado,
por sonhar ter além do que mereço,
sem medir o que a vida tem me dado.

Nos momentos de plena lucidez,
num misto de tristeza e de vergonha,
eu prometo a mim mesma te esquecer...

Dura pouco, porém, a sensatez,
e sinto uma saudade tão medonha,
que volto a te lembrar, para viver...

 

BIBLIOTECAS DO MUNDO TODO Índice Próxima