Fuga


Cansei de mendigar felicidade,
e te pedir que me ames como eu te amo...
de me iludir com provas de amizade
e te implorar que venhas, quando eu chamo.

Não vou mais ultrajar minha saudade,
nem vou clamar carinho como clamo,
ou macular tua serenidade
por ter que me aturar quando reclamo.

Não vou mais vasculhar nosso passado,
nem julgar se foi certo ou foi errado
o que fiz por amor ou por loucura!

Quero é me libertar de qualquer jeito
deste amor que sufoco no meu peito...
...este bendito amor que me tortura!

 

BIBLIOTECAS DO MUNDO TODO Índice Próxima