Apelo


Guardei para você toda a ternura
que um ser humano pode oferecer,
mas, se há para este amor qualquer censura,
foi ele que deu vida ao meu viver.

E Deus, que espalha messes de ventura,
errou ao me ensinar a lhe querer,
sem conter este amor quase loucura;
sem me ensinar também como esquecer.

Perdão, releve tudo o que lhe digo,
sem pensar que ofereço algum perigo
ao confessar que morro de saudade.

Mas se este afeto o fere por favor,
se, por engano, eu lhe falar de amor,
troque a palavra Amor por Amizade!

 

BIBLIOTECAS DO MUNDO TODO Índice Próxima